quarta-feira, 2 de março de 2011

Luz de Lisboa

Foto a partir de telemóvel, MC, 2011

"A ponte é uma passagem para a outra margem"

 (Canção dos Jafumega)



Sempre que posso, viajo de autocarro para Lisboa.
Não são autocarros de luxo, nem sequer de primeira categoria.
Por vezes, parecem-me verdadeiros "machibombos".
Viajar neles, é sempre uma aventura.
Literalmente.
Mas não troco estas viagens pelo conforto do meu carro.
O ponto de observação é privilegiado.
Os olhos, as mãos, o coração e o pensamento estão livres.
Livres para o encantamento.
Atravessar a ponte, é sempre uma descoberta.
Descoberta de Lisboa.
( Mas também descoberta de histórias do quotidiano das pessoas, que sempre me maravilham e que tenho por "vício" observar - a seu tempo contarei algumas delas).
Hoje, senti necessidade de falar da minha cidade, da nossa cidade.
Da cidade com luz.
Sempre.
(Como alguém disse: se Paris é a cidade-luz, Lisboa é a cidade com luz)
Mesmo nos dias mais escuros e mais nublados, há sempre um raio de luz sobre uma colina, sobre um recanto de Lisboa.
Que nos aquece e nos revigora.
Quem vem de Sul para Norte e atravessa o rio, tem este encantamento de olhar e ver esta luz, que nos atravessa o coração.
Que nos prende a alma.
Olho para Lisboa sempre como se fosse a primeira vez!

MC



"Das correntes do Oceano com seu manto de açafrão
surgiu a Aurora, para trazer a luz aos deuses e aos homens."

( Homero, Ilíada, Canto XIX )



Foto a partir de telemóvel, MC, 2011



2 comentários:

Mário Oliveira disse...

É um gosto viajar pela mente lúcida e encantadora da minha querida Maria do Céu - e com a companhia destas imagens ainda melhor. Beijinho

Martina disse...

Me encanta María!!!!! Es genial viajar en todo tipo de coches viejos que te dejan tirado y siempre es una aventura. Además Lisboa tiene mucha luz!!!!! Besossssss!!! :)